• We are available for your help 24/7
  • Email: info@isindexing.com, submission@isindexing.com


Paper Details

Peptídeos antimicrobianos: uma nova alternativa para tratamento de infecções multirresistentes

Vitória Rodrigues Teixeira, Larissa Alves Ferreira, Viviane Correa de Almeida Fernandes

Journal Title:Revista de Iniciação Científica e Extensão
Abstract


A resistência aos antimicrobianos na atualidade é uma ameaça crescente e consequentemente gradual.    Espera-se    que    os    óbitos    devido    às    infecções    multirresistentes    excedam aproximadamente 10 milhões por ano até 2045 caso novos fármacos não sejam desenvolvidos. Os peptídeos antimicrobianos é uma alternativa para o tratamento de infecções multirresistentes causadas  por  bactérias.  Há  evidências  de  que  os  peptídeos  antimicrobianos  desenvolvem  um papel  importante  na  no  processo  de  imunomodulação  humana.  O  principal  objetivo  dessa revisão  é  discutir  uma  nova  estratégia  no  tratamento  de  infecções  bacterianas  multirresistentes por  meio  do  uso  de  peptídeos  antimicrobianos  como  agentes  anti-infecciosos.  Trata-se  de  uma revisão  integrativa  realizada  na  base  de  dados  PubMed  usando  os  descritores  de  saúde “antimicrobial peptides and multidrug-resistant infections”. Foram selecionados artigos com texto completo  e  com  data  de  publicação  de  até  dez  anos  como  critério  de  inclusão.  Na  filtragem obteve-se  556  artigos  com  os  descritores  utilizados.  Foram  usadas  processo  para  seleção  dos artigos  aqueles  que  continham  semelhanças  maiores  com  tema,  assim  obteve  4  selecionados. Os   peptídeos   antimicrobianos   possuem   características   essenciais   como   agentes   anti-infecciosos.  Aparentam  ser  de  amplo  espectro,  além  de  ter  mecanismo  de  ação  específico  na formação  de  poros  na  membrana  levando  a  lise  celular.  Estudos  demonstraram  como  principal característica  baixa  incidência  de  resistência  bacteriana.  Vários  estudos  pré-clínicos  e  clínicos têm   mostrado   atividade   in   vitro   e   in   vivo   dos   peptídeos   antimicrobianos.   Os   peptídeos antimicrobianos  indicam  ser  novos  candidatos  como  agentes  anti-infecciosos  para  combater  as multirresistentes  bactérias  a  diversos  medicamentos.  Essa  nova  alternativa  tem  potencial  de aplicação  na  clínica,  no  entanto  a  baixa  biodisponibilidade  e  custo  é  um  desafio  para  sua utilização

Download