• We are available for your help 24/7
  • Email: info@isindexing.com, submission@isindexing.com


Paper Details

Avaliação da Eficácia do Extrato Aquoso de Cucumis melo L (Melão) in vitro sobre o Helminto Strongyloides venezuelensis

Leandro Cordeiro Santos, Vânia Sousa Araujo, Pedro Luiz Gonçalves Chaves, Raphael da Silva Affonso, Juliana Paiva Lins, Eleuza Rodrigues Machado

Journal Title:Revista de Iniciação Científica e Extensão
Abstract


Cucumis  melo  L  é  uma  fruta  cultivada  mundialmente.  A  polpa carnosa  é  de  grande  valor nutricional, e as sementes ricas em: Selênio, Potássio, Zinco, Cobre, Proteínas, Lipídios, Fibras e  Carotenoides.  As  sementes  atuam  como  analgésico  natural,  antioxidante,  protege  coração, rins,  anticancerígeno,  fortalece  a  capacidade  física,  auxilia  no  metabolismo,  etc.  Objetivo: Verificar  se  extrato  aquoso  de  Cucumis  melo  L  controla  in  vitro  a  evolução  do  helminto Strongyloides venezuelensis. Material e métodos: Cucumis melo L foi obtido de supermercados na  cidade  Regional  de  Taguatinga.  As  sementes  foram  lavadas  com  água  destilada,  secas  a 60ºC, e triturados em liquidificador. Dez g desse pó foram diluídos em 250 mL de água e mantida em  repouso  por  24  h/4oC.  O  extrato  foi  coado,  congelado  a -20ºC  e  liofilizado.  0,3  g  do  pó  foi diluído em 6 mL de água (solução inicial) e dessa solução fizeram dez diluições seriadas, sendo colocado  600  μL/poço.  S.venezuelensis  (S.v)  é  mantido  na  UnB  em  Rattus  novergicus.  Fezes desses  ratos  foram  cultivadas  em  carvão  mineral,  mantidas  a  26ºC/3  d,  e  as  L3  foram recuperadas da cultura pelo método de Rugai. L3 foram contadas e cerca de 1.200 diluídas em 100 μL de água e usadas em cada teste. Resultados: 99% das L3 do controle positivo estavam vivas até 48 h. L3 tratadas com ivermectina morreram 100% após24 h de tratamento. O extrato nas  concentrações  de  0,3  g  a  0,075  g  matou  100%  das  larvas  após  12  h.  Nas  demais concentrações a morte das L3 diminuíram gradativamente, e na concentração de 0,001 mg 98% delas estavam vivas. Nas demais concentrações e temposavaliados (24, 36 e 48 h) não houve diferenças  nos  resultados. Conclusões:  Extrato  de  Cucumis  melo  L  apresenta  efeito  anti-S. venezuelensis,  e  pode  ser  usado  para  extração  do  princípio  ativo  e  produção  de  novos antihelminticos para enteropasitos

Download