• We are available for your help 24/7
  • Email: info@isindexing.com, submission@isindexing.com


Paper Details

Esquizencefalia -relato de caso

Costa AS, Santos CCT, Costa LMS, Costa LLS, Ximenes MR, Silva PHG

Journal Title:Revista de Iniciação Científica e Extensão
Abstract


A esquizencefalia é uma má formação congênita, que se define como uma fenda que atinge os hemisférios cerebrais que  se  estende  do  córtex  até  os  ventrículos  podendo  ser  unilateral  ou  bilateral,  envolvendo  principalmente  os lobos parietais  e  frontal.  Ela  é  caracterizada  pelo  um  distúrbio  da  migração  neuronal  e  a  espessura  da  matéria  cinzenta celular através da parede da fenda. E se classifica em dois tipos: tipo I –Lábios fechados, onde as bordas das fendas se aproximam e tipo II –Lábios abertos, estando preenchida pelo líquido cefalorraquidiano. Objetivo traçado mediante ao  estudo  de  caso  foi  descrever  um  caso  clínico  sobre  uma  paciente  portadora  da  doença  e  expor  uma  conduta  de tratamento  fisioterapêutico  realizado.  Trata-se  de  uma  paciente  de  1  ano  e  2  meses  com  esquizencefalia  de lábio aberto analisada na Clínica Escola –Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires situada em Valparaiso de Goiás no qual esteve subjugado a uma conduta de tratamento. Sendo assim uma doença grave, o diagnóstico necessita ser eficiente  para  que  a  intervenção  fisioterapêutica  seja  coerente  para  suprir  as  necessidades  encontras,  tais  como, contenção  do  paciente,  bem  estar,  funcionalidade  e  convívio  social  e  conduzindo  a  novos  estudos  pois  o  campo  de evidência encontra-se em minúcia sobre a doença.Descritores:Esquizencefalia; Malformação Congênitas; Fenda Cerebra

Download